Página inicial SetaNotícias SetaGoverno de Goiás eleva valor do piso salarial dos professores

Governo de Goiás eleva valor do piso salarial dos professores


12/01/2012

PISO SALARIAL

Governo de Goiás eleva valor do piso salarial dos professores

Valor foi reajustado para R$ 1.460,00

O Governo do Estado enviou à Assembleia Legislativa projeto de lei que reajusta o Piso Salarial dos Professores. A proposta em tramitação neste período de autoconvocação da Assembleia eleva de R$ 1.395,00 para R$ 1.460,00 o valor do piso salarial em Goiás. A medida, anunciada menos de um mês após a instituição do valor anterior, vai provocar impacto de aproximadamente R$ 11 milhões na folha de pagamento da Educação.

Com esta alteração, o governo estadual se antecipa ao governo federal, que ainda não anunciou oficialmente o aumento do piso nacional. O primeiro valor do piso em Goiás, de R$ 1.395,00, já era superior ao nacional, de R$ 1.187,00. Agora, mesmo que o piso nacional tenha um aumento em torno de 22%, conforme indicação do Ministério da Educação, passando para R$ 1.448,00, Goiás continuará pagando um piso maior.

O projeto altera o Anexo I da Lei Estadual nº 17.508, a Lei do Piso, do dia 22 de dezembro passado, no que se refere aos salários do Professor P-I com 20, 30 e 40 horas e as referências de A a G. O professor P-I é o professor que não tem curso superior. Como a Secretaria da Educação só admite por concursos professores licenciados, ou P-III, o valor do salário de ingresso do profissional na carreira do magistério público do estado de Goiás será de R$ 2.016,03, quase R$ 600,00 a mais que o piso salarial.

Conforme mensagem do governador Marconi Perillo enviada à Assemleia Legislativa, ao reajustar o valor do piso, o Estado de Goiás, mesmo diante das dificuldades orçamentárias e financeiras, garante aos professores “adequado tratamento constitucional, à altura do que exigem as leis do país e ao nível da nobre função desempenhada pelos professores”.

Goiânia, 12 de janeiro de 2012.

 

Acesso Rápido